Necessidade ou Desejo?

Necessidade ou desejo (Educação Financeira 1)

Ensinar a lidar com dinheiro deve ser uma atitude normal e habitual na educação dos nossos filhos. Muitas famílias não têm essa prática e o resultado todos sabemos: adolescentes e adultos que gastam mais do que ganham, que se envolvem em dívidas e dívidas, que não planejam seu futuro e, pior do que tudo isso, são infelizes.

Sim! Porque se é verdade que dinheiro não traz felicidade, também é verdade que a falta dele é a razão da infelicidade de muitas pessoas. Ao promover a educação financeira dos nossos filhos estamos contribuindo com seu sucesso, bem-estar e felicidade.

Crianças que foram ensinadas a conter impulsos imediatistas, a entender a diferença entre as coisas necessárias e as coisas desejáveis, e a estabelecer uma escala de prioridades, tornam-se adultos seguros, responsáveis e capazes de administrar sua vida financeira com equilíbrio e racionalidade.

A primeira coisa a ser ensinada às crianças sobre dinheiro é que existem coisas que compramos por necessidade e coisas que compramos por desejo. Entender a diferença entre desejo e necessidade é muito importante para a educação financeira. A partir desse discernimento é que as crianças, os adolescentes e os adultos aprendem a controlar impulsos consumistas, a economizar e a construir sua bem sucedida vida financeira.
Qando chegar a adolescência esse conceito de necessidade e desejo deve ser refinado. Mas isso é assunto para um artigo futuro.

© Nério Venson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *