Orçamento doméstico

O orçamento doméstico é uma ferramenta importante para quem deseja manter as finanças organizadas e realizar seus sonhos. Essas são, na essência, as funções de um orçamento.

Mas se você recorre ao orçamento apenas para resolver problemas financeiros é bem provável que não obtenha o sucesso desejado, por uma série de razões:

1) Pode estimular a cobrança entre os membros da família, interferindo no relacionamento exatamente na hora em que a harmonia familiar é imprescindível para a superação da crise.

2) Não indica a qualidade dos gastos. O controle orçamentário (previsão e acompanhamento) mostra QUANTO a família gasta, mas não mostra claramente COMO a família gasta, ou seja os DESPERDÍCIOS EMBUTIDOS nos gastos.

3) Por razão do item 2, as pessoas se concentram em REDUZIR gastos em vez de MELHORAR A QUALIDADE das despesas. Assim, acabam cortando despesas com prazer, conforto e bem estar, enquanto poderiam até aumentar esses gastos se eliminassem os verdadeiros despedicios.

A verdade é que poucas famílias conseguem manter o orçamento doméstico por mais de quatro meses. Se você consegue, parabéns!
Mas se já está cansado de tentar, saiba que não é preciso fazer um orçamento detalhado para manter as contas em ordem.

Se você desenvolver os hábitos de Poupar em primeiro lugar, Pagar sempre à vista ePlanejar, mantendo uma lista de seus desejos. Certamente não precisará mais do que meia folha de papel para fazer seu Orçamento Familiar ou Pessoal.

Em vez de cortar despesas, concentre-se em melhorar a qualidade de seus gastos e evitar desperdícios. Descubra como Gastar com sabedoria. Assim, você viverá melhor, sua conta de poupança aumentará e seus sonhos – que pareciam impossíveis – começarão a se realizar.

© Nério Venson

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *